JMPLA sensibiliza vendedores do mercado do Kicolo contra ébola

Luanda – Uma campanha de prevenção contra a ébola foi realizada hoje, quinta-feira, no mercado do Kicolo, município de Cacuaco, Norte de Luanda, pelo secretariado provincial da JMPLA de Luanda.

Falando aos vendedores o primeiro secretário, Tomas Bica, disse que o país precisa de pessoas saudáveis para que participem do amplo movimento de reconstrução de Angola.

Sob o lema “ébola fora e para nunca em Angola”, os participantes da campanha foram sensibilizados de que a ébola ainda não tem uma vacina para combatê-la pelo que se deve tomar cuidado no consumo das carnes de animais de caça.

“A única medida que existe e a mais eficaz é a prevenção” e aconselhou que antes de abater a carne para a venda ou de consumo caseiro, deve-se consultar os serviços dos veterinários.

O mercado do Kicolo alberga mais de seis mil vendedores distribuídos em sectores que comercializam bens alimentares, vestuário, materiais de construção entre outros.

O virus da ébola tem origem nas florestas tropicais da região da África Central e do Sudeste Asiático. Ele pertence a família Filoviridae, o que significa que, no microscópio, os vírus parecem longos como linhas finas.

Os sintomas aparecem entre o segundo e 21 dias após a infecção que causa fraqueza, dores de cabeça e musculares, calafrios, falta de apetite, dor de estômago, diarreia, vómitos e febre hemorrágica.

Os principais órgãos afetados são o aparelho digestivo, o coração e o pulmão.

ANGOP

voltar ao início do blog

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top