Município de Cacuaco necessita de mais operadoras para recolha de lixo

Luanda – O município de Cacuaco, cerca de 18 quilómetros a norte de luanda, necessita de mais operadoras para a recolha do lixo de acordo com o novo modelo, disse hoje, à Angop o director de repartição local dos serviços comunitários, Pedro Simão.

Acrescentou ainda que o antigo modelo consistia em as operadoras recolherem o lixo, pesado em toneladas depois apresentavam as facturas para o GPL liquidar.

O actual modelo, obriga que as operadoras façam um serviço integrado nomeadamente, limpeza das ruas e das valas de drenagem, varredura, poda de árvores, e, as áreas onde operam devem ser fiscalizadas pela Elisal e administração municipal, só assim é que podem receber os valores monetários correspondentes ao serviço feito.

Desta forma, informou, as operadoras estão a apresentar dificuldades em corresponder com o exigido, alegando falta de meios e recursos humanos para o efeito.

Exemplificou que a comuna da Funda e o bairro do Paraíso sãos as zonas que necessitam de uma prestação urgente dos serviços das operadoras.

Com uma população estimada de mais de um milhão de habitantes, o município de Cacuaco possui três comunas nomeadamente, sede municipal, Funda e Kicolo onde trabalham quatro operadoras.

ANGOP

voltar ao início do blog

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top